Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, Mulher, de 20 a 25 anos, Portuguese, English, Arte e cultura, Música



Histórico


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 BloG da Tamires
 Tamires Blogspot
 blônicas
 Quadrinhos!
 Eu no recanto das letras
  NEW!!! Meu blog musical
 QUADRINHOS !!! do João Marcos
 cariri cult
 morrendo pra sobreviver (meu blogspot)
 microcontos
 blog da nadia Rockenback
 joão rafa blog
 meu blog sobre educação
 meu blogspot
 Blog da Dani
 Blog do Sanini (guitarra da banda 3caras)
 Blog da Natália Mayrink
 Bar do Thiago


 
infinito particular


Seja bem vinda Daniela!

“Quanto tempo tenho pra matar essa saudade? Meu bem o ciúme é pura vaidade.” NOBRE VAGABUNDO. Assim canta Daniela seu primeiro verso em FEIJÃO COM ARROZ. Disco lançado pela Sony BMG em noventa e seis (e por sinal o meu preferido). Cheio de clássicos, conta também com a participação do carismático Samuel Rosa, na sugestiva Minas com Bahia. Certamente já conhecia Daniela de outros carnavais. O Canto da Cidade, de noventa e dois, apresentara a baiana para todo o Brasil e comigo não foi diferente, mas feijão com arroz me arrebatou de vez. Se nos dias de hoje eu arrisco meus acordes, naquela época minha arte era outra, a dança! Se hoje tenho certeza do palco que escolhi naquela época meu sonho era dançar Balé! No meio daquele encantamento todo me aparece a Daniela. Cantora, compositora, dançarina etc e tal. Cantora e dançarina? Para mim, com meus 11 anos de idade, não era preciso mais nada. Aquela imagem vinha até mim com tamanha leveza, graciosidade e carisma .. me deixei levar! Se para uma criança ser cantora ou bailarina era coisa de TV (ou sonho) a Daniela provava o contrário. Feijão de corda, além de dar nome ao disco, tem um vídeo clipe que traduz tudo isso (que escrevo). Sem falar que a bela canção de Chico César, A primeira vista, também faz parte deste disco. Anos se passaram (e minha fita k7 já havia sido rebentada por uma prima mais nova) e eu comecei a ouvir outras cantoras. Não virei bailarina (risos), mas mantive minha admiração/respeito pela Daniela. Hoje, dia 24 de julho, as vésperas do meu aniversário (e do dela também, de certa forma) aguardo ansiosa pelo show da bailarina cantora, na praça da cidade que moro.  Gosto de rock? Não! Eu amo! (e tive a sorte de subir no palco de uma das grandes bandas do cenário brasileiro pela terceira vez este ano) mas gosto muito antes da Daniela! Então nada mais feliz do que a notícia de que seria ela a atração de encerramento do festival de Inverno de 2015. Já que não faço objeções quanto a data escolhida (muito pelo contrário,eu faço é gosto!) só me resta aguardar.. "Porque eu não posso ficar ficar sem você/ Eu não posso ficar, ficar sem te ver!"



Escrito por Delázari às 03:03:25
[] [envie esta mensagem] []




[ ver mensagens anteriores ]